[Resenha] Entrevistas com Garotas Monstro - Venha conhecer conosco as demis mais simpáticas dos animes

Um anime divertido e relaxante sobre amizade, superação e aceitação

Desde que foi anunciada sua adaptação em anime no final de 2016, Demi-chan wa Kataritai, mais conhecido atualmente por seu título internacional Interviews with Monster Girls, chamou minha atenção por apresentar a proposta de uma série focada em garotas monstro sem todo apelo do ecchi muito explorado em histórias desse tipo anteriormente. Nada contra o ecchi, mas eu sentia que demichan tinha algo a mais para mostrar.

 

A história gira em torno de um professor de biologia chamado Tetsuo Takahashi, que está muito interessado em descobrir mais sobre demi-humanos, porém apesar de sua existência ser de conhecimento público nesse mundo, não existem muitos demi-humanos por aí, além de questões éticas que impedem estudos mais aprofundados sobre eles. Tudo muda quando ele conhece Hikari Takanashi no início de um novo ano letivo.

 

Interviews with Monster Girls

 

Hikari é uma vampira, uma menina alegre e extrovertida, que rapidamente se aproxima do professor Tetsuo e está muito disposta a conversar com ele sobre as particularidades de sua vida como vampira, além de poder aproveitar o acondicionado fresquinho da sala de biologia onde ele faz as suas "entrevistas".

 

De início, a curiosidade de Tetsuo está focada nas questões mais óbvias quando se trata de um vampiro. Eles precisam realmente beber sangue para sobreviver? As lendas sobre suas dificuldades com a luz do sol, crucifixos ou alho são mesmo reais? Até que ponto as histórias sobre vampiros da ficção realmente refletem como eles vivem e se comportam na vida real? Tudo isso será discutido ao longo dos episódios, de forma inteligente e bem humorada.

 

Interviews with Monster Girls

 

Existem outras demi-humanas na escola, Hikari particularmente não tem muitos problemas em lidar com sua natureza diferente da maioria dos colega, mas o mesmo não se aplica a todas as demis que conhece, então ela acaba servindo como um elo entre Tetsuo e as outras meninas.

 

Kyouko Machi é uma dullahan, uma menina que a cabeça separada de seu corpo, como a Celty de Durarara!! Ela conhece o Tetsuo depois de passar por algumas dificuldades devido a sua natureza demi-humana e depois disso passa a conversar regularmente com ele. Ainda temos a tímida Yuki Kusakabe, uma garota das neves, que até lembra um pouco a Yukina de YuYu Hakusho, apesar de não chorar joias preciosas, apenas gelo. Yuki acaba se aproximando de Tetsuo por influência de Hikari depois de sofrer bullying devido a sua dificuldade de se relacionar com outras pessoas, ela vai contar com a ajuda do professor para entender melhor sua natureza e superar essa situação. 

 

Interviews with Monster Girls

 

Kyouko e Yuki acabam ficando muito amigas de Hikari, ambas compartilham de suas histórias e dificuldades junto com Tetsuo, o professor que está sempre disposto a entender a natureza de cada uma delas e buscar soluções para as suas dificuldades. Tetsuo cria com suas alunas uma relação de confiança e amizade, ajudando as meninas a crescerem e se adaptarem melhor na sociedade com suas características demi-humanas, seja na busca de uma explicação científica sobre a natureza de uma dullahan, ao fenômeno da criação de gelo por uma garota das neves ou até mesmo ao entender a conotação sexual geralmente relacionada à mordida de um vampiro.

 

E para deixar as coisas ainda mais divertidas também temos uma professora demi-humana, Sakie Sato, uma jovem professora de matemática que é uma súcubo. Devido a sua natureza, ela precisa tomar muito cuidado em seu contato com o sexo masculino, pois mesmo que não seja sua intenção, o simples fato de usar uma roupa que deixe qualquer parte de seu corpo exposta pode causar reações afrodisíacas em homens ao seu redor, tocar neles pode ser um problema ainda mais sério, então ela vive uma vida de reclusão e tenta manter distância de qualquer homem para evitar problemas. Tudo isso é trabalhado de maneira bem interessante e delicada, ao longo da série ela vai conseguir entender um pouco melhor a sua natureza e também encontrar espaço para mostrar um pouco de sua feminilidade sem temer as reações ao seu redor.

 

Interviews with Monster Girls

 

Vale uma citação especial para as belíssimas músicas de abertura e encerramento, que desde janeiro de 2017 quando o anime estreou, nunca mais saíram da minha playlist. A música de abertura, "Original", é assinada por Mari Okada e interpretada pelo grupo TrySail, enquanto o encerramento "Fairy Tale", é interpretado pelo grupo Sangatsu no Phantasia.

 

Em seus 13 episódios, o anime gira basicamente em torno dessa premissa, a relação de Tetsuo com as demi-humanas da escola onde leciona, suas dificuldades, amizade, superação e até mesmo o entendimento e aproximação com outros alunos "normais", que antes mantinham distância do desconhecido por não lhes entenderem.

 

É uma história leve e divertida, perfeita para uma maratona e você terá a oportunidade de assistir ao anime completo, em sua versão dublada no próximo domingo, na segunda maratona de animes da Crunchyroll no Twitch!


Interviews with Monster Girls


Acorde cedo, pois o primeiro episódio de Interviews with Monster Girls vai ao ar às 08h30 e você poderá acompanhar e comentar os episódios em tempo real com todos que estiverem assistindo. Não perca!

 

© Petosu, Kodansha/"Demi-chan wa Kataritai" Production Committee


Fábio[portuga] é redator de notícias para a Crunchyroll.pt e aproveitou o feriadão para assistir o anime novamente, dessa vez em sua versão dublada, que ficou excelente e no domingo pretende ficar ligado na maratona também! Visite o seu perfil e siga-o no Twitter: @portugassis. Clique aqui para ler outros posts do autor.

Outras Principais Notícias

12 Comentários
Ordenar por: